Amadas e Violentadas

25 out 2010

Leandro, jovem escritor de livros policiais, famoso pelo realismo de suas obras, mora nos arredores de São Paulo em companhia de sua governanta, um mordomo e uma cozinheira. Forster, seu mercenário editor, é talvez a única pessoa com quem ele tem contato, pois vive apenas para seus livros e seu passado, este muito infeliz, pois sua mãe, uma mulher vulgar, casada com seu pai por interesse, acaba sendo por ele assassinada, o que ocasiona também o seu suicídio. Tais cenas jamais se apagaram da mente do rapaz, que não consegue libertar-se de um sério complexo que o afasta sexualmente das mulheres e acaba por torná-lo um psicopata. Várias mulheres, que de uma forma ou de outra, conheceram Leandro foram assassinadas misteriosamente e a polícia, desorientada, procura o assassino. As investigações acabam levando-a à casa do escritor. Mas a lei nada consegue provar e tudo continua como antes.

Ficha Técnica

Título original: Amadas e Violentadas
Gênero: Policial
Duração: 100 min.
Lançamento (Brasil): 1976
Distribuição: Art Filmes
Direção: Jean Garrett
Argumento: Jean Garrett
Roteiro: Jean Garrett
Produção: David Cardoso
Produtor Associado: Guilherme Melão e Ermínio Morais
Produção executiva: Rubens S. Melo
Co-produção: Dacar Produções Cinematográfica
Gerente de produção: Miro Carvalho
Música: Ronaldo Lark
Fotografia: Reynaldo Paes de Barros
Edição: Walter Wanny

Elenco

David Cardoso
Fernanda de Jesus
Márcia Real
Américo Taricano
Silvana Lopes
Luiz Carlos Braga
Norah Fontes
Miro Carvalho
Evelise Olivier
Cavagnole Neto
Aldine Muller
Arlete Moreira
Ezio Ribeiro
Francisco Cúrcio
Carmen Angélica
Sônia Garcia
Genésio Carvalho
Luiz Vargas
Suely Gagliardi
Zelia Diniz
Ubirajara Gama
Wilson Letiere
Luiz Mewes

Pôsters

Premiações

Curiosidades

– Público: (aprox): 700.000 pessoas.

Fotos

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: