Belas e Corrompidas – Sexta-Feira As Bruxas Ficam Nuas

1 nov 2010


Isabel, fascinada pela personalidade do famoso Landru, o assassino de várias mulheres na França, repete a vida de crimes praticados por ele e, como compensação aos homens que vai matar, faz antes amor com todos eles. Como Landru, ela também varia a forma dos assassinatos para torná-los mais excitantes: um é morto a veneno, outro por decapitação, o terceiro a machadadas e assim por diante. Para seus crimes, ela conta com a ajuda de Tula, uma corcunda, esperançosa de que lhe sobre alguma coisa das conquistas amorosas da patroa.

Ficha Técnica

Título original: Belas e Corrompidas
Gênero: Policial
Duração: 108min.
Lançamento (Brasil): 1977
Distribuição: Program Filmes e Alfa Filmes
Direção: Fauzi Mansur
Roteiro: Fauzi Mansur e Marcos Rey
Produção: Fauzi Mansur
Produtor Associado: Manoel C. Alonso e João Luiz Araújo
Produção executiva: José Adalto Cardoso
Gerente de produção: Tony Jakoska
Co-produção: Fauzi A. Mansur Cinematográfica, Virgínia Filmes, Program Filmes e Interlab
Música: Carlos Reichenbach
Som: Orlando Macedo
Fotografia: Cláudio Portioli
Assistente de câmera: Jesvaldo Arjones
Cenografia: Paulo Tachinardi Domingues
Figurinos: Montagem: Fauzi Mansur
vtu: Pedro Ivan
Maquiagem: Cecílio Gigliotti
Efeitos especiais: Marino Henrique e Cecílio Gigliotti

Elenco

Maria Isabel de Lizandra (Isabel)
Fernando Reski (Guarda-noturno)
Luigi Picchi (Tristão)
Abrahão Farc (Conferencista)
Stela Maia (Tula, a corcunda)
Valéria D’Elia
Carmen Angélica
Márcia Fraga
Ênio Goncalves (Gardel)
Carlos Bucka (Açougueiro)
Edward Freund (Antiquário)
Heitor Gaiotti (Ex-sentenciado)
Eudósia Acuña
Érika Maracini
Cavagnole Neto
Roberto Miranda (Noivo)
Carlos Reichenbach (Ygor, o cego)
Marthus Mathias (Garçon)
Palhaço Pipoca
Paulo Tachinardi Domingues

Pôsters

Premiações

Curiosidades

– Sub-título: Sexta Feira As Bruxas Ficam Nuas.

– Exibido em São Paulo a partir de 13.08.1978 no Olido, no Ouro, no Liberty, no Iguatemi, no Lumière e circuito. Exibido no Rio de Janeiro a partir de 08.05.1978 no Scala, no America, no Vitória, no Imperator, no Pavilhão, no Éden (Niterói) e no Brasil.

– Guia de Filmes 73/75 informa que o título do filme “foi alterado pela publicidade paulista – Belas e Corrompidas – Sexta-Feira As Bruxas Ficam Nuas e também pela carioca As Feras do Sexo – Belas e Corrompidas.

– Segundo a Folha de S. Paulo, o filme seria uma versão de Landru, O Barba Azul de Claude Chabrol. Informa ainda que Fauzi Mansur dirige o filme sob o pseudônimo de Vitor Triunfo.

– Sinopse extendida:
“A bela Isabel é fascinada pela vida do famoso conquistador homicida Landru. Dedicando-se a reconstruir os crimes de seu ídolo, ela atrai sexualmente vários homens e assassina-os. Na consecução de seus crimes, conta com a ajuda de Tula, sua criada corcunda, ansiosa por se aproveitar também eroticamente dos homens que a patroa traz. O irmão de Isabel, Tristão, planeja vender a casa onde ela mora para financiar suas viagens e suas conquistas amorosas: leva-a a um noivado forçado com a intenção de surpreendê-la na cama com o noivo e exigir a venda da casa. O plano falha porque Isabel mata o noivo. Durante uma festa na casa, Ygor, o noivo cego de Tula, tem relações com Isabel e é eliminado em seguida. Tula acusa a patroa das mortes e os vizinhos chamam a polícia. Presa e levada a julgamento, Isabel é absolvida graças a um advogado ardiloso que lhe atribui insanidade mental. Na clínica de repouso onde é recolhida, Isabel recebe a visita do guarda-noturno de sua rua, antigo admirador, que lhe traz uma caixa cheia de morcegos, o que a faz sentir ter encontrado seu verdadeiro amor.” (Guia de Filmes, 73/75)

– Fonte do cartaz Cinemateca Nacional.

Fotos

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: