A Floresta Que Se Move

26 set 2015

A Floresta Que Se MoveEm A Floresta Que Se Move, Elias é um bem sucedido executivo que trabalha no segundo maior banco privado do Brasil. Um dia, Elias encontra uma mulher misteriosa que se diz capaz de prever seu futuro e diz que ele se tornará vicepresidente naquele mesmo dia e que, no dia seguinte, ele se tornará presidente do Banco.
A roda da fortuna é fatalmente ativada e uma sequência de assassinatos é perpetrada por Elias e sua esposa Clara, deixando um rastro de sangue em seu caminho para o poder e tornando-os algozes e vítimas de seus próprios destinos.

Ficha Técnica

Título original: A Floresta Que Se Move
Gênero: Suspense
Duração: 99 min.
Lançamento (Brasil): 2015
Distribuição: Europa Filmes
Direção: Vinicius Coimbra
Roteiro: Vinicius Coimbra, Manuela Dias
Produção: Elisa Tolomelli
Produtor executivo: Thais Mello e Mariana Secco
Produtor Associado: Guel Arraes
Co-produção: Globo Filmes, E.H Filmes, Orkhestra Filmes, Tele Cine, Salado, CiaRio, Afinal Filmes
Música: Sacha Amback
Fotografia: Pablo Baião
Direção de Arte: Walter Brunialti
Figurino: Rosane Gonçalves
Edição: Vinicius Coimbra

Elenco

Gabriel Braga Nunes
Ana Paula Arósio
Nelson Xavier
Angelo Antonio
Nando Alves Pinto
Rui Ricardo Diaz
Tatsu Carvalho
Miriam Freeland
Fernando Alves Pinto
Juliana Carneiro da Cunha
Emiliano Queiroz

Pôsters

A Floresta Que Se Move

Premiações

Curiosidades

– O Diretor de A Floresta Que Se Move, Vinicius Coimbra, foi formado em propaganda e marketing pela ESPM/SP, possui diversas oficinas de roteiro, direção e interpretação, e já dirigiu telenovelas, minisséries e filmes publicitários. Em 2013, recebeu o Emmy Award de melhor telenovela por Lado a lado, da TV Globo. Seu primeiro longa-metragem, A Hora e A Vez de Augusto Matraga, recebeu cinco prêmios no Festival do Rio 2011. ​

– Juliana Carneiro da Cunha é a bordadeira vidente da história. A atriz e bailarina brasileira é conhecida, no cinema, por seu papel no filme Lavoura Arcaica (2001), pelo qual ganhou seis prêmios, entre eles o Candango de melhor atriz coadjuvante no Festival de Brasília.

– Emiliano Queiroz é Angenor. O ator cearense já atuou em mais de cinquenta novelas e minisséries, como: “A Moreninha”, “Hilda Furacão”, “Selva de Pedra”, “Alma Gêmea” e “O Bem Amado” – na qual interpretou o inesquecível Dirceu Borboleta. No teatro, imortalizou personagens como a travesti Geni, do espetáculo “Ópera do Malandro” de Chico Buarque, e Tonho, da peça “Dois Perdidos Numa Noite Suja”, de Plínio Marcos. No cinema, Emiliano Queiroz participou de 51 filmes e foi co-roteirista de cinco.

– Tatsu Carvalho é Tadeu. O ator estudou interpretação na Lee Strasberg Theatre and Film Institute, em Nova Iorque, onde também lecionou. A experiência internacional e sua formação em Publicidade e Marketing permitiu que o ator também tivesse vivência na indústria da música, em produção teatral e como DJ. Este ano, entrou em cartaz nos cinemas com o filme A Esperança é a Última que Morre.

– A Floresta que se Move teve sua pré-estreia internacional no 39th Montreal World Film Festival, 2015.

– Miriam Freeland é Lucia. A atriz começou a carreira aos 12 anos no teatro Tablado e desde então vem recebendo elogios da crítica e do público. No cinema, participou de Mão na Luva e de Cine Holliúdy, vencedor do prêmio de Melhor Comédia, no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.

– Rui Ricardo Diaz é o delegado Borges. O ator ficou conhecido por interpretar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dos 18 aos 35 anos de idade, no filme Lula, o Filho do Brasil, de Fábio Barreto.

– Fernando Alves Pinto esteve recentemente no ar com a novela Sete Vidas. Mais conhecido por suas participações em peças de teatro e em cinema, fez parte do elenco dos longas Nosso Lar, Lula, o filho do Brasil e Terra Estrangeira, entre outros.

– Ângelo Antônio foi vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e Prêmio APCA. Começou sua carreira 1986, no Teatro e teve sua estreia na televisão em 1990, com a novela Pantanal. No cinema, se destacou em papeis principais nos filmes 2 filhos de Francisco e Chico Xavier.

– Gabriel Braga Nunes nasceu em São Paulo, filho da atriz Regina Braga e do diretor Celso Nunes. Estudou artes cênicas na Unicamp e começou sua carreira na televisão em 1996, na novela Razão de Viver. No cinema, participou de produções como O Homem do Futuro, Anita & Garibaldi, A Dona da História e Carandiru, Outras Histórias.

Fotos

A Floresta Que Se Move - foto

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: