Estripador de Mulheres

1 fev 2013

Estripador de Mulheres

O trabalhador de um matadouro é o único suspeito do assassinato brutal de duas mulheres. Reportagens sensacionalistas de um jornal o expõem à opinião pública e quase ameaçam a integridade de sua vida familiar. O verdadeiro estripador, ao cometer mais um crime, fica preso com a vítima no interior de um frigorífico. O suspeito é inocentado e, como desagravo, apresenta-se em um programa de TV.

Ficha Técnica

Título original: Estripador de Mulheres
Gênero: Policial
Duração: 99min.
Lançamento (Brasil): 1978
Distribuição: Brasil Internacional Cinematográfica
Direção: Juan Bajon
Assistente de direção: Paulo Mendes Lopes e Bruno de André
Roteiro: Juan Bajon
Produção: R.B.McGarvin e Luiz do Nascimento
Direção de Produção: Milton Merlucci
Assistente de produção: Michel Cohen
Co-produção: Juan Bajon Produções Cinematográficas
Música: Manuel Paiva
Som: Júlio Perez Caballar
Mixagem: Orlando Macedo
Fotografia: Antônio Ciambra
Câmera: Antônio Ciambra
Assistente de câmera: Hideo Nakayama
Efeitos especiais: J.G. do Nascimento
Montagem: Walter Wanny
Assistente de Montagem: Walmir H. Dias e Paulo Mendes Lopes
Eletricista Chefe: Arlindo Tavares
Eletricista: Guilhermo Jardon e Sérgio M.Ribeiro

Elenco

Ewerton de Castro (Estripador)
Renato Master (Investigador)
Abrahão Farc (Místico)
Aldine Muller (Amante de Pascoal)
Ivete Bonfá (Apresentadora de TV)
Lola Brah (Parteira)
Marlene França (Mulher da boate)
Carlos Koppa (Pascoal)
Mayara de Castro (Esposa de Pascoal)
Lídia Costa
Henrique César
Gláucia Rothier
Paulo Tachinardi Domingues
Nieta Junqueira
Gina Rinaldi
Cleyde Singer
Cavagnole Neto (Sogro de Pascoal)
Ana Mauri
Tina Rinaldi
Sylvie Lamboi
Novani Novakoski
Fedra
Paulo Otto
Marjan Olbrzymek
Osmar Di Pieri
José Júlio Spiewak
Reinaldo René
Michel Cohen
Maria Olímpia
Mauro de Almeida
Bruno de André
Adriana Tasca
Marco Antônio
Ângela Davis
Yoko Tani
Marisa
Ana Paula Bajon
Daniel Garbuglio
André Garbuglio
Cláudio Trombini
Walter Strazdas
Oswaldo Barbulio
Norberto Simonsen
Martinho Prato
Sílvio Vieira
Tomé Francisco
José Marcus Kogan
Zina Penteocinas
Lila Boveri
Adele Bast de Vicente
Anastácia Laveccia
Conceição Camacho
Márcia Kogan
Sônia Cruz

Pôsters

Estripador de Mulheres

Premiações

Curiosidades

– Estréia de Juan Bajon (1948- ) no cinema. Natural de Xangai, China, vem para São Paulo em 1954, ainda criança. Nos anos 60, passa a frequentar as salas de cinema nipônico, do qual torna-se grande especialista. Em 1973 é assistente de direção no filme A casa das tentações, de Rubem Biáfora. Estréia na direção em 1978 no filme O estripador de mulheres, já com sua própria produtora. Nos anos 80, especializase em filmes eróticos e de sexo explícito, principalmente com animais, aproveitando aquele momento do Cinema Brasileiro, mas com produções sempre acima da média do gênero, utilizando inclusive temas clássicos como trilha sonora. Está afastado do cinema desde 1989, dedicando suas atividades atualmente a produções em VHS exclusivamente para locadoras de vídeo.

– Outro título: Assassino da noite.

– Certificado de Censura 98290, de 30.08.1978, imprório para menores de 18 anos.Certificado de Produto Brasileiro LM/215/78, de 07.08.1978.

– Sinopse extendida:
Investigando o assassinato de uma moça, a polícia localiza Pascoal, seu antigo amante, que trabalha num matadouro. Após nova morte – de uma mulher que trabalha numa boate – crescem as suspeitas sobre Pascoal, visto em companhia da moça. As reportagens sensacionais feitas por dois jornalistas expõem-no à opinião pública e aos mexericos de seus vizinhos. Os pais de sua mulher tentam persuadi-la a abandoná-lo, levando a filha pequena, mas ela afirma sua confiança na inocência do marido. As investigações prosseguem em meio a falsas confissões, profecias, acusações infundadas, negação de informações, detenções equivocadas e novas mortes. O investigador encarregado do caso, depois de reunir depoimentos sobre o caráter violento de Pascoal, prende-o como principal suspeito. Entretanto, o verdadeiro estripador comete mais um crime, matando uma açougueira. Ao pendurá-la num gancho do frigorífico, ele acaba ficando preso quando a porta da geladeira é fechada por engano, sendo encontrado e detido na manhã seguinte. Pascoal é libertado e, com sua família, é entrevistado num programa de televisão, como desagravo.

Fotos

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: