Fulaninha

1 jun 2014

Fulaninha

Um cineasta quarentão solitário, inventa para si mesmo uma paixão platônica por uma adolescente e lhe serve como personagem para um roteiro e também para diversas fantasias dele mesmo e de sua turma do bar, que inclui um produtor de vídeos pornográficos, um desempregado boêmio e mulherengo e um advogado que vive de rendas, constantemente apavorado pela idéia de algum dia ter que trabalhar. Com uma câmera de VT, o cineasta persegue cada movimento de sua musa, até chegar à mãe dela, viúva que mantém uma relação acidentada com um contraventor.

Ficha Técnica

Título original: Fulaninha
Gênero: Comédia
Duração: 90min.
Lançamento (Brasil): 1986
Distribuição: Embrafilme
Direção: David Neves
Argumento: Onézio Paiva e David Neves
Roteiro: Onézio Paiva, David Neves, Haroldo Marinho Barbosa e Paulo Thiago
Produção: Paulo Thiago e Carlos Moletta
Direção de Produção: Marcelo França
Co-produção: Encontro Produções Cinematográficas, Ipê Artes Cinematográficas, Sky Light Cinema, Nádia Filmes e Embrafilme
Música: Sérgio Saraceni
Sonografia: Denise Fontoura
Fotografia: Antônio Penido
Cenografia: Paulo Dubois
Figurinos: Isabel Paranhos

Elenco

Mariana de Moraes (Fulaninha)
Cláudio Marzo (Bruno)
Kátia D’Ângelo (Rose)
Zaira Zambelli (Sulamita)
Roberto Bonfim (Canela)
José de Abreu (Jardel)
Flávio São Thiago
Paulo Villaça (Armando)
Nelson Dantas (Porteiro)
Monique Lafond (Mulher da boite)
Marcos Palmeira (Rubinho)
Ivan Setta (Policial)
Gilson Moura (Delegado)
Mário Petraglia (Sabonete)
Pascoal Villaboim (Seu Antônio)
Mário Tupinambá (Camarão)
Ariel Coelho
Sulamith Yaari
Tião Macalé
Kenny Castro
Mozart Jr.
Luiza Maria
Alice Viveiros Castro
Catalina Bonaky
Patrícia Couto
Marcia Brito
Bebel
Paulo Neves
Claudio Rego Monteiro
Altair Gomes
Sandra Mara
Adele Fátima
Felipe Palmeira
Robert Feinberg
Pedro Vieira da Costa
John S. Pickston
Carlos del Pino
Fred Leite
Ana Claudia Ciampolini

Pôsters

Fulaninha

Premiações

– Melhor Ator Coadjuvante (Flávio São Thiago), XIV Festival do Cinema Brasileiro de Gramado, RS, 1986.

Curiosidades

– Certificado de Produto Brasileiro 926, de 29.05.1986.

– Sinopse extendida:
Bruno, um cineasta carioca residente na rua Prado Jr., em Copacabana, faz um desenho de sua paixão platônica e mote de um roteiro que está escrevendo. Seus amigos, freqüentadores do boteco do Camarão, a chamam de Fulaninha. Hermínio é um advogado inativo que vive de uma herança e se queixa pois corre o risco de ter de trabalhar, já que surgiu mais um herdeiro. Jardel é um corretor que busca, junto a um empresário paulista, o dinheiro para financiar o filme de Bruno. Canela é diretor de filmes pornográficos. No prédio onde fica seu estúdio morre um morador e a polícia está retirando o corpo. O delegado interroga o porteiro do edifício o qual aponta Dr. Armando que teria sido o último a conversar com a vítima. Fulaninha encontra o namorado, fabricante de pranchas de surfe. Armando chega com Rosie, sua amante, e conversa com o delegado, que o considera suspeito do crime. Rosie tem uma discussão com Armando. Fulaninha é filha de Rosie. As duas discutem. Rosie diz se sentir muito sozinha desde a morte do marido. Durante uma filmagem no estúdio de Canela chega Fulaninha que quer ser atriz. Ela se chama Ana Maria. Bruno, Hermínio, Jardel e Canela vão à boate Las Vegas. Armando chega no prédio de Rosie e faz escândalo ao não conseguir falar com ela. No outro dia, discute com Rosie. Ela sai apressada. Bruno tenta consolá-la e os dois combinam de se encontrar. Assistem um filme e se beijam. No estúdio, Ana Maria é aconselhada a procurar Bruno que tem boas intenções, ao contrário dos outros que são cafajestes. Armando é preso. Rosie e Bruno iniciam um namoro. Bruno termina o roteiro. Espanta-se ao descobrir que Rosie é mãe de Ana Maria. Rosie fica com ciúmes. Bruno consegue fazer seu filme. (extraído do material examinado)

Fotos

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: