Não Se Pode Viver Sem Amor estreia simultaneamente em circuito e em Nacional Legendado & Audiodescrito

11 maio 2011

Pela primeira vez desde sua criação, há sete anos, a mostra Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito exibirá um filme que estreia em grande circuito no mesmo final de semana. “Não se pode viver sem amor”, de Jorge Durán, ganhou prêmios de melhor roteiro, fotografia e atriz (Simone Spoladore) no Festival de Gramado em 2010; prêmio especial do júri para Rogério Fróes; e melhor filme para reflexão no Cine PE Festival do Audiovisual. 

As sessões acontecem no sábado e no domingo, dias 14 e 15 de maio, às 16h, com legenda oculta e audiodescrição.  No sábado,dia 14, após a exibição do filme, haverá um debate com o diretor, produtor e roteirista Jorge Durán, na própria sala de cinema do CCBB Rio.
O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro abriga o Cinema Nacional Legendado desde 2004, com exibição dos filmes em sistema closed caption.  Há três anos, a mostra estendeu seu público aos portadores de deficiência visual, graças ao equipamento da sala de cinema com 40 fones sem fio adaptados à tecnologia avançada de audiodescrição, que descreve as cenas dos filmes para quem não pode ver o cenário, figurinos, expressões etc.
Segundo o censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2000, cerca de 24,5 milhões de brasileiros apresentam algum tipo de deficiência, entre os quais 16,6 milhões de portadores de deficiência visual (9,8% da população) e 5,7 milhões de portadores de deficiência auditiva (3,4% da população).  No município do Rio de Janeiro, o Censo 2000 encontrou 828,4 mil portadores de pelo menos uma deficiência, que representavam 14,1% da população carioca, sendo 519,4 mil com deficiência visual (8,9%) e 190 mil com deficiência auditiva (3,2%).
A mostra Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito é uma iniciativa da fonoaudióloga Helena Dale, em parceria com a ARPEF e com o Centro de Produção de Legendas (CPL). Ao longo dos anos, a fonoaudióloga vem lutando para melhorar a acessibilidade dos deficientes auditivos à cultura. Em busca de um tratamento ideal pra seu filho Alexandre, que ficou surdo aos 10 meses de idade, Helena também criou o Centro de Produção de Legenda, responsável pela legenda oculta dos filmes nacionais exibidos na mostra CNL&A, no CCBB-RJ, e nos filmes da Rede Globo.
A partir do desejo de alguns alunos em assistir filmes nacionais com legendas especiais para deficientes auditivos, Helena criou o projeto, que depois se estendeu aos portadores visuais.  Hoje, Alexandre acompanha Helena em sua luta e vem atuando também junto à Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS). Em fevereiro de 2011, ele representou o Brasil no 16º Congresso Internacional da Federação Mundial de Surdos, na Eslovênia.
Título original: Não Se Pode Viver Sem Amor
Gênero: Drama
Duração: 100min.
Lançamento (Brasil): 2010
Distribuição: Pandora Filmes
Direção: Jorge Durán
Roteiro: Dani Patarra, Jorge Durán
Argumento: Jorge Durán
Produção: Gabriel Durán, Jorge Durán
Produtor executivo: Mara Junqueira
Produtoras Associadas: Maria Ribeiro, Gisela Camara
Co-produção: Luz Mágica
Música: Diego Fontecilla, Christian Schmidt
Som: Virgíina Flores
Som direto: Herón Alencar
Mixagem: Rodrigo Noronha
Fotografia: Luis Abramo
Direção de Arte: Valeria Costa
Edição: Gabriel Durán

Elenco

Cauã Reymond
Simone Spoladore
Ângelo Antônio
Fabiula Nascimento
Victor Navega Motta
Rogério Fróes
Babu Santana
Maria Ribeiro
Sinopse:
23 de dezembro. Gabriel, de 10 anos, e Roseli, de 30, chegam ao Rio de Janeiro para encontrar o pai do menino que os abandonou. Sem conhecer a cidade, eles perambulam pelas ruas sem ter ideia para onde ir. Assim encontram João, um jovem advogado desempregado que busca desesperadamente um meio de melhorar de vida; Pedro, um pesquisador universitário que precisa se decidir entre a mulher e a profissão; e Gilda, uma dançarina de boate que deseja ir embora mas está presa ao passado. Todos vivem situações limite em suas vidas, que se tornam ainda mais fortes devido à proximidade do Natal. Só que, a partir destes encontros inesperados, surge uma nova esperança.
Cinema Nacional Legendado & Audiodescrito
Local: CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL
Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 / 1º andar – Centro – Rio de Janeiro.
Data: 14 e 15 de maio, sábado e domingo, às 16 horas
Entrada Franca – Distribuição de senhas – 1 hora antes da sessão
Informações: 21. 3808-2020

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: