Sesc Vila Mariana traz filmes clássicos e contemporâneos no início de 2013

28 dez 2012

O Sesc Vila Mariana abre o ano de 2013 com uma programação especial de cinema com o projeto O Nordeste é Aqui, e os especiais Sessão Família e Feriado de Clássicos. O primeiro inclui filmes clássicos e contemporâneos agrupados tematicamente, com o intuito de familiarizar os espectadores com a linguagem nordestina da sétima arte.

Dentre os filmes, Árido Movie; Casa de Areia; Cinema, Aspirinas e Urubus e O auto da compadecida, que encerra o ciclo de exibições. O segundo projeto propõe a exibição de um filme de classificação livre, como Rango. Já o terceiro projeto exibe um clássico do cinema no feriado: O homem que virou suco. E mantendo a premissa da unidade, todas as exibições são gratuitas.

O NORDESTE É AQUI

Árido Movie (Lírio Ferreira, Brasil, 2005)
arido-movie-poster01Dia 5/1, sábado, às 14h45

Jonas (Guilherme Weber) é o repórter do tempo de uma grande rede de TV, que mora em São Paulo, mas, está rumo à sua cidade-natal, localizada no interior do nordeste. O motivo é a morte de seu pai (Paulo César Pereio), com quem teve pouquíssimo contato e que foi assassinado inesperadamente.

Jonas enfrenta problemas para chegar à cidade, até que recebe carona de Soledad (Giulia Gam), uma videomaker que está fazendo um documentário sobre a água no sertão. Ao chegar ele encontra uma parte da família a qual não conhecia até então, que lhe cobra que se vingue da morte do pai.
Não recomendado para menores de 16 anos.

Casa de Areia (Andrucha Waddington, Brasil, 2005)
Casa de AreiaDia 12/1, sábado, às 14h45

1910. O português Vasco (Ruy Guerra) leva sua esposa grávida Áurea (Fernanda Torres) e a mãe dela, Dona Maria (Fernanda Montenegro), em busca de um sonho: viver em terras prósperas, recentemente compradas por ele. O sonho se transforma em pesadelo quando, após uma longa e cansativa viagem junto a uma caravana, o trio descobre que as terras estão em um lugar totalmente inóspito, rodeado de areia por todos os lados e sem nenhum indício de civilização por perto. Áurea quer retornar ao lugar de onde vieram, mas Vasco insiste em ficar e constrói uma casa de madeira para que lá possam viver. Após serem abandonados pelos demais integrantes da caravana, um acidente mata Vasco e deixa Áurea e Dona Maria completamente sozinhas.

Elas partem em busca de ajuda e terminam por encontrar Massu (Seu Jorge), um homem que nunca deixou o local. Massu passa a ajudá-las, levando comida e sal para que Áurea e Dona Maria possam sobreviver na casa recém-construída. Apesar da estabilidade, Áurea deseja deixar o local de qualquer maneira mas decide apenas fazer isto quando sua filha nascer e poder deixar o local com ela. Enquanto isso Áurea e Dona Maria precisam lidar também com a instabilidade do local em que vivem, já que a areia pode soterrar a casa em que vivem a qualquer momento.

Não recomendado para menores de 16 anos.

Cinema, Aspirinas e Urubus (Marcelo Gomes, Brasil, 2004)
Cinema, Aspirinas e UrubusDia 19/1, sábado, às 14h45

Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann (Peter Ketnath), alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho (João Miguel), um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio “milagroso” para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.

Não recomendado para menores de 14 anos.

O auto da compadecida (Guel Arraes,Brasil, 2000)
O auto da compadecidaDia 26/1, sábado, às 14h45

A história é centrada na dupla João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello), dois nordestinos sem eira nem beira que se valem da esperteza de Grilo para conseguirem sobreviver a dura vida no sertão. E assim os dois conduzem a trama provocando muitas confusões e enganando ricos e poderosos. Por trás disso, está uma severa crítica às relações díspares entre as camadas sociais, marca registrada de Ariano Suassuna, um dos mais engajados escritores brasileiros.

Não recomendado para menores de 10 anos.

FERIADO DE CLÁSSICOS

O homem que virou suco (João Batista, Brasil, 1981)
O homem que virou sucoDia 25/1, sexta, às 14h45

Deraldo (José Dumont), poeta popular do Nordeste, chega a São Paulo sobrevivendo apenas de suas poesias e folhetos. Tudo vai muito bem até ele ser confundido com um operário de multinacional, que matou o patrão em uma festa onde recebeu o título de operário símbolo.

Deraldo é perseguido pela polícia e perde sua identidade e condição de cidadão.

Não recomendado para menores de 16 anos.

O Nordeste é Aqui, Sessão Família e Feriado De Clássicos

Auditório – 131 lugares.
Retirada de ingressos com 1h de antecedência, na Central de Atendimento.
Grátis.

Estacionamento: R$ 3,00 a primeira hora + R$ 1,00 a hora adicional (matriculados no Sesc). R$ 6,00 a primeira hora + R$ 2,00 a hora adicional (não matriculados). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana

Rua Pelotas, 141
Informações: 5080-3000
0800-118220
www.sescsp.org.br
Siga-nos: @sescvilamariana
http://facebook.com/sescvilamariana

Filmes Atualizados

Boi Neon

Tags:

Atualizado em 27 set 2015

Beira-Mar

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Morte de J.P.Cuenca

Tags:,

Atualizado em 27 set 2015

A Floresta Que Se Move

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

Em Três Atos

Tags:

Atualizado em 26 set 2015

%d blogueiros gostam disto: